Convite Irrecusável!

Exercendo a micropolítica

Há tempos não escrevo algo palpável não é mesmo?! É que estava esperando a razão certa. Não queria falar desse sensacionalismo que ultimamente estamos vivendo. Então, eis que chegou a razão: convite para o coquetel de lançamento do livro "Os processos eleitorais da América Latina", escrito por Carlos Ugo Santander e Nelson Penteado (meu ilustre mestre).

O evento ocorre no dia 28 deste mês às 18h30, na Biblioteca Acadêmico Luiz Viana Filho, no Senado Federal. Durante o lançamento estarão presentes os autores, o senador Heráclito Fortes,presidente da Comissão de Relações Exteriores e Segurança Nacional, o senador Cristóvão Buarque, a jornalista Ana Paula Bessa, ilustre editora do Blog Provocações acompanhada de sua fiel escudeira e também jornalista Juliana Medeiros, editora do Blog Substantivo Comum.

O livro nada contra a maré desde a limitação do tema, penso eu. Visto que há um enorme bombardeio da mídia contra a união latino-americana. E também porque quase tudo nessa vida são emoções, então os donos de jornais, que são a personificação da liberdade de expressão, se aproveitam dela para fazer com que a cada dia que passa um sentimento xenófobo contra os da nossa própria raça se propague.

"Os processos eleitorais da América Latina” relata a decadência de regimes autoritários e golpes de estado e também a "maratona democrática" ocorrida desde 2005 até dezembro de 2006. O livro reúne 16 ensaios de diferentes autores que analisam os processos eleitorais occorridos nessa época. É também a primeira obra do Centro de Estudos Comparados da América Latina (Cecal) o qual esta que vos fala, um dia, num futuro bem próximo, se Deus quiser, terá a honra de participar.

Segue abaixo o convite juntamente com o resumo da obra.

Ana Paula Bessa
Bem Instruída


Os processos eleitorais da América Latina


O livro Os processos eleitorais na América Latina reúne 16 ensaios de autores diferentes que analisam os processos eleitorais na verdadeira maratona democrática ocorrida na América Latina desde 2005 até dezembro de 2006. A obra tem a pretensão de compreender o mosaico político da região, que deixou para traz os regimes autoritários e os golpes de estado, tão comuns até muito recentemente, e enveredou na construção de uma nova paisagem política, mais democrática e posicionada no espectro ideológico.

Além de atual e pertinente, o esforço de análise comparada pretende preencher um vazio na literatura sobre o assunto. Existem poucas obras sobre o conjunto dos pleitos realizados recentemente. A idéia, portanto, é contribuir de alguma forma para esclarecer a dimensão política dos próprios processos eleitorais e do novo cenário regional, construído desde sempre pela coragem e dedicação de um povo diverso que luta e sofre com a gritante pobreza, desigualdade e violência no continente.

A obra é o primeiro trabalho do Centro de Estudos Comparados sobre a América Latina (CECAL), que estáa sendo articulado em Brasília por Carlos Ugo Santander e Nelson Freire Penteado (organizadores do livro), e vários co-autores do livro, entre outros pesquisadores, para contribuir no esforço de produzir estudos e análises comparadas sobre as questões mais importantes que envolvem o conjunto dos países da região.

Parece importante compreender melhor as questões comuns desses países que historicamente sofrem de maneira diversa dos mesmos problemas. Somos bombardeados diariamente com imagens e informações sobre os países do primeiro mundo na mídia. Vemos todo ano a decoração de Natal de Times Square, mas não enxergamos o rosto, a cultura e as dificuldades de nossos irmãos latino-americanos. Muitos nunca visitaram outros países da região e desconhecem sua literatura, sua gente e sua história de lutas e conquistas. O CECAL surge para contribuir na produção de trabalhos que possam ajudar a mostrar a verdadeira face da América Latina neste novo século. Boa leitura.


Leia também: "Meu coração é vermelho"

2 comentários:

Juli de Souza disse...

Ei, to sentindo falta de atualização nesse blog.. eu quero maissss!!!! =D

Gustavo Frasão disse...

Ei!!!
Volta cá Paulinha! Abandonar assim é palha, hein??? Logo hoje, que consegui terminar de ler TODO ele!!! Tem que ter mais... volta, volta!!!

Textos bons devem ser escritos sempre! Gosto de ler o que você escrever.

Quantos estão aqui

Compartilhe!

Twittando

Twittando

Pergunta aê!

Ocorreu um erro neste gadget

Redes Sociais

Minhas Publicações

Não sou otária!

Jean-Jacques Rousseau

Jean-Jacques Rousseau

E disse Rousseau...

"Portanto, nunca se saberá com quem se está lidando: será preciso, pois, para conhecer o amigo, esperar as grandes ocasiões, ou seja, esperar que já não haja tempo para tanto, uma vez que é para essas mesmas ocasiões que seria essencial conhecê-lo."
no século XV

Seguidores